The Game: Towards Zero (2020)

Hellou!

Deu pra notar que não ando lendo nenhum livro essas semanas, né? Estou até com vergonha de mim mesma por isso. Não terminei os dois que comecei a ler e nem cheguei a começar uns que ganhei recentemente. #FAIL
Ando focando mais nos dramas, sem muita “vibe” pra ler, mas agora que estamos na crise do corona vírus e minhas aulas foram suspensas talvez volte a ler alguma coisa… Enquanto isso, seguiremos com os dramas
😆
e não esqueçam de lavar bem as mãos!

Leia mais »

My Holo Love (2020)

Hello!

Passei um tempo imobilizada, como comentei antes (acho 🤔) e com isso as postagens dos dramas que fui terminando ficaram paradas. Felizmente, estou sem a imobilização, e pude vir dar continuidade a “programação normal” 🤣
Hoje é dia de drama da netflix, draminha esse que confesso que demorei pra começar devido a minha lista imensa de “acompanhando”. 😂

Leia mais »

Miss Independent Ji Eun

Helloouu!

Entrei na vibe de assistir aqueles webdramas/webseries curtinhas que você encontra com facilidade no youtube. E um dos que recentemente assisti foi esse aqui. Ou melhor, esses daqui. “Miss Independent Ji Eun” tem duas temporadas. Mas só fui me ligar nesse pequeno detalhe quando já estava na metade da segunda. 😅 Pra minha sorte, a única conexão entre as duas é o fato que ambas as protagonistas tem o nome “Ji Eun”.

Leia mais »

Julho/2019

Quando eu estava em Maceió, no meu resto de férias, meu notebook morreu, e acabei ficando sem acesso a um. Triste realidade! Por isso, mesmo quando retornei para Recife, continuei sem note já que ele foi para assistência, ou seja, só estou postando hoje os “favoritos de Julho”. (Semana que vem o blog volta com a programação normal! 😍)

Dramas Terminados Neste Mês:

# Coreia:

Angel’s Last Mission (2019) ❤
Different Dreams (2019) 😁
Partners for Justice 2 (2019) 😁
One Spring Night (2019) ❤
Search WWW (2019) 😍
The Wind Blows (2019) 😊
Voice 3: City of Accomplices (2019)

# China
Listening Snow Tower (2019) 😉
Go Go Squid (2019) ❤ *terminei sem sub ENG 

Leituras Conluídas no Mês:

Back Beauty – Anna Sewell
Clockwork Princess #3 (The Infernal Devices) – Cassandra Clare
Not If I Save You First – Ally Carter
Orange #6 – Ichigo Takano
Os Impunes – Richard Price
Sandman Prelúdio – Neil Gaiman
Sea Change – Aimee Friedman 
Seal Song – Andrea Spalding & Pascal Milelli
Selkie Girl – Laurie Brooks 
The Girl Who Loved Tom Gordon – Stephen King
The Lighthouse Mermaid – Kathleen Karr
Um Marido de Faz de Conta (Rokesbys #2) – Julia Quinn
Adorkable – Cookie O’Gorman
Ninja Girl – Cookie O’Gorman
Heir to Edenbrooke (Edenbrooke #0.5) – Julianne Donaldson
Edenbrooke (Edenbrooke #1) – Julianne Donaldson

A Terra das Sombras (A Mediadora #1) – Meg Cabot RELIDO
O Arcano Nove (A Mediadora #2) – Meg Cabot RELIDO
Reunião (A Mediadora #3) – Meg Cabot RELIDO
A Hora Mais Sombria (A Mediadora #4) – Meg Cabot RELIDO
Assombrada (A Mediadora #5) – Meg Cabot RELIDO

OST’s Favoritas do Mês:

Arthdal Chronicles (2019)
The Poem of Destiny – AileeArthdal Chronicles (2019)

Go Go Squid (2019)
Nameless Generation – Chen Xue Huan
Give to the Future – Li Xian
Love Is Not Up To Me – You Zhangjing
Couldn’t leave – Dimash

Hotel Del Luna (2019)
Another Day – Monday Kiz Ft. Punch
Lean on Me – 10cm
All About You – Taeyeon
Only You – Yang Da Il
Can You See My Heart – Heize

Joseon Survival (2019)
I’ll Come to You Like the Wind – Yeom Yu Ri

Perfume (2019)
You’re Saying You Are Mine – Jinyoung (B1A4)

Rookie Hitorian Go Hae Ryung (2019)
Fall in Luv – Henry

Watcher (2019)
Horizon – Ha Jin

* Chief of Staff (2019)
Rainfall – Chen (EXO)
* a OST foi de Junho, mas só fui ouvir em Julho

One Spring Night

Um tempo atrás assistir “Something in the Rain“, drama que gostei e ao mesmo tempo odiei muito… Mas que também me deu mais motivos para viciar no Jung Hae In. Então, quando fiquei sabendo que ele ia fazer outro drama e numa pegada meio parecida com o drama anterior, surtei… Tive um momento de ansiedade, torcendo para que o final desse fosse melhor que o do anterior, e claro, fiquei muito empolgada para ver.

Título Original: 봄밤
Temporadas: S01
Nº de Eps.: 32 .:. 35 min
Ano: 2019
País: Coreia S
Gênero: romance – drama
Rating: 🖤🖤🖤🖤😍

pode conter spoilers

Yoo Ji Ho é um farmaceutico que conhece a protagonista quando ela vai comprar um remédio de ressaca e esquece a carteira na casa da amiga. Os dois ficam naquela de trocar os números de telefone só para ela conseguir pagar pelo remédio consumido, ao mesmo tempo que há um interesse em conversarem sobre coisas aleatórias.

Lee Jung In está em um relacionamento fadado ao término, há mil anos noiva de seu namorado e sem nenhum interesse em casar-se com o mesmo. Praticamente leva a coisa com a barriga, esperando que o cara se toque e queira terminar com ela. Até ela conhecer o Ji Ho.

Ele pode até ser mais novo que ela, mas deixa logo as cartas na mesa: ele é um pai solteiro, seu filho tem cinco anos, e eles foram abandonados pela mãe do garoto (ex-namorada). Além disso, sim, ele está interessado em Jung In. E mesmo ela dizendo que tem um namorado, ele tenta terem apenas uma relação de amigos.

Um belo dia… Eles descobrem que os amigos do Ji Ho (e ele mesmo) costumam jogar basquete com o namorado da Jung In, e aí começa todo o rolo.

Kwon Ki Seok é aquele tipico cara possessivo e obscecado pela mulher, ele não aceita o fim da relação, mesmo que no inio a Jung In tenha terminado com ele sem ser pelo Ji Ho. Ele usa todas suas artimanhas, inclusive o próprio pai para manter a namorada presa à ele (o pai dele é chefe do pai dela). Ele persegue, abusa, irrita, tenta jogar todos contra ela, tenta causar o máximo de problemas possíveis para que ela “entenda” que ele é a melhor escolha. (sim, puro boy lixo!)

Como eu peguei raiva desse cara… vocês não tem noção! E mais raiva (ou igual) peguei do pai dela. Porque ele era o típico que dizia que estava tomando as atitudes pelas filhas, mas na verdade, era claramente por ele mesmo. Tanto que a filha mais velha vivia jogando isso na cara dele, o quanto ele destruiu as escolhas dela, e queria fazer o mesmo com as irmãs dela.

Outro personagem que caí de amores, tão instantaneamente quanto a própria Jung In provavelmente, foi o Eun Woo (o filhinho do Ji Ho). Que já chegou declarando que achava que a Jung In era a mãe dele, matando o pai num misto de alegria e vergonha. Gente… Que criança fofa!!! 😍 Inocente e super espertinho… Sempre ficando do lado da “professora” nas “briguinhas” que o pai pedia a opinião dele.

E para alguém que nunca queria casar com o antigo namorado e muito menos pensar em ter filhos… Cair de amores pelo Eun Woo, e se vê no papel de mãe dele com certa facilidade só quer dizer uma coisa… Esse é o relacionamento que você quer!! Tenho que agradecer os roteristas por terem “fazido valer” a ideia do começo ao fim.

Tipo, os protas estavam tentando um relacionamento que por si só já seria dificil de ser aceito pelas familias deles, que dirá a sociedade em geral, mesmo quando eles pensaram em desistir, se arrependeram e quiseram continuar lutando, tentando… Em prol de algo bom que eles tinham! Algo que poderia se tornar ainda melhor com o tempo.

A perseverança deles foi algo que me encantou no drama! Algo que me fez me apaixonar de episódio em episódio… E algo que tranformou essa história toda na beleza que foi. Gostei muito do drama! Acho que ele teve um andamento bom, e os personagens tiveram seu desfecho maravilhoso (sim, eu queria ter visto o casamento de fato! Já até imaginei o Eun Woo entrando na frente da noiva… enfim…) Mas curti aquela “homenagem” de como eles se conheceram lá no inicio do drama! Ficou muito bom!

Enfim, é isso… Tem cenas surtáveis; o casal é shippavel; tem criança fofa e mordível; tem ex escroto; tem ex lixo; tem pais coviteiros; tem pais que parecem cegos; tem mães temerosas, mas corajosas; tem irmãs fortes…

🔲 Até a próxima!

Angel’s Last Mission: Love

Apesar de ter começado a ver esse kdrama bem fielzinho a quando os episódios saíam com as subs, bateu um desespero, uma anguistia e ansiedade na espera dos novos episódios que acabei decidindo esperar o drama todo acabar para então maratona-lo. Mas como nas duas últimas semanas eu vinha engajada nos livros, e literalmente ignorei a existência dos dramas… Acabei só terminando de vê-lo nesse domingo.

Título Original: 단, 하나의 사랑
Temporadas: S01
Nº de Eps.: 32 .:. 35 min.
Ano: 2019
País: Coreia S
Gênero: romance – melodrama – fantasia
Rating: 🖤🖤🖤🖤😍

pode conter spoilers!

Lee Yeon Seo era uma “prima” bailarina quando teve que desistir do seu sonho devido a um acidente que a deixou cega. Para completar a jovem órfã, passou a não confiar em ninguém devido aos interesseiros ao seu redor, e adquiriu uma personalidade intragavel, arrogante e incapaz de amar alguém.

Enquanto isso, Kim Dan é um otimista e despreocupado anjo que vive se metendo em confusão. Em seu último dia na Terra, ele acaba salvando a vida de Lee Yeon Seo, e devido a sua intervenção, ele é punido. Agora, para retornar ao paraíso ele precisa completar uma última missão: encontrar o verdadeiro amor da talentosa, porém emocionalmente distante, bailarina.

Não era só porque tinha o L que eu quis ver esse drama não… OK, minto. Foi por conta dele que inicialmente me interessei, mas a história dele em si, já era algo que normalmente me agradaria. Ainda bem que não me equivoquei. Porém, tenho que confessar que lá para o ep 12 eu já não estava conseguindo visualizar um final positivo para o drama (positivo no sentido de “feliz”) e por isso, adiei o mesmo para quando ele finalmente acabasse… Se era pra sofrer que fosse de uma vez e não “parcelado”. 😂

Fiquei tão feliz em ver o L nesse papel.. Um personagem tão diferente dos que ele fez nos últimos anos. 😍

Dan era um anjo fofo que se metia em problemas por querer ajudar demais, como em uma missão que era apenas para salvar um único animal, e ele acaba salvando à todos. Ele realmente era uma “alma” boa. Então, ele acaba esbarrando na prota que mesmo cega é capaz de “senti-lo”, o que o faz ficar intrigado… E no final das contas, esse interesse inicial o leva a salvar a vida dela quando não era pra ele fazê-lo.

Como forma de punição, ele precisa encontrar a “alma gêmea” de Yeon Seo e claro, fazê-la voltar a ser capaz de amar (porque tem sempre que complicar, né?) Pra facilitar a busca dele, ele vira o secretário dela, passando a ser “vísivel” pelos humanos. E a medida que ele vai convivendo com a jovem, ele percebe que sua missão está longe de acabar.

Eis que ele encontra uma vítima… digo, alvo: Ji Kang Woo, um diretor de dança que quer trazer a talentosa Yeon Seo de volta para os palcos a todo custo. E enquanto Dan mostra interesse em ajudá-lo pensando em sua missão, o outro, Kang Woo parece ter um segredo mais obscuro em sua obsessão com a bailarina.

Já a Yeon Seo, ela é aquela personagem que perdeu tudo, ou melhor, perdeu as pessoas com que se importava com ela, além de acabar perdendo seu sonho ao ficar cega. Com isso, ela resolve construir um muro ao redor do coração e se afastar das pessoas. Afinal, se eles não tem acesso a ela, ela não irá sofrer. Mas, tudo muda com a chegada de Dan. E primeiramente, porque ela acha que ele é o pervertido que encontrou uma vez no parque.

E então esses três personagens começam a navegar por mares desconhecidos, tentando sobreviver aos perigos que os cercam. Afinal, existe uma conspiração sobre a vida da bailarina… Alguém está de olho em seus passos e precisa que ela desapareça do lugar em que se encontra agora.

Enfim, temos: momentos cômicos; surtáveis; shippaveis; sofrência; de raiva, muita, muita, muita raiva. Foi um drama que me encantou desde o primeiro episódio, um drama que surtei e me desesperei… tanto que acabei protelando ele para depois. Gostei muito e recomendo muito!

🔲 Até a próxima!

The Beauty Inside

Ano passado quando esse drama começou a passar, confesso que não me importei em conferir por ter cara de ser comédia, e eu não ser tão fã assim do gênero. Quando ele já tinha terminado, pra variar estava “vagabundando” no youtube, e me deparei com uns videos desse drama, e não é que eu me interessei por ele. Tive que baixar pra conferir e não me arrependi.

Título Original: 뷰티 인사이드 (Byooti Insaideu)
Temporadas: S01
Nº de Eps.: 16 .:. 1 hr. 10 min.
Ano: 2018
País: Coreia S
Versão Original: The Beauty Inside” (2015) (filme)
Gênero: romance – comédia
Rating: 🖤🖤🖤🖤

🔳 Na História:

Han Se Gye é uma atriz famosa, também conhecida por ser uma causadora de problemas e viver metida em rumores. Para os outros ela tem uma péssima reputação, mas a verdade é que ela esconde um segredo, Se Gye tem uma estranha condição: durante uma semana a cada mês, seu corpo muda, ela simplesmente se transforma em outra pessoa, independe do sexo, idade ou até mesmo nacionaldade.

Enquanto isso, Seo Do Jae é um executivo de uma empresa de aviões. Ele tem uma boa aparencia, inteligente e um bom emprego, mas também esconde um segredo: ele sofre de “prosopagnosia“, incapacidade de reconhecer rostos. E é justamente ele que acaba descobrindo o segredo de Han Se Gye. E não só isso, ele é capaz de reconhecê-la independete do “corpo” que ela seja.

Motivos para gostar:

🔳 Casal 1: Han Se Gye (Seo Hyun Jin) & Seo Do Jin (Lee Min Ki)

Se Gye só está tentando viver a vida dela a maneira que pode, mas sempre acaba em alguma confusão ou rumor estranho sobre ele, e o pior é que na maioria das vezes, ela não tem nem como se explicar. A primeira vez que ela conhece o Seo Do Jin já dá em confusão, porque apesar dele ser educado momentaneamente, ela acaba ouvindo ele falar mal dela no telefone segundos depois.

O segundo encontro, ele a “conhece” como o diretor e a modelo que está sobre contrato com sua empresa. E assim como todos os outros, ele a julga pelos rumores que ouviu sobre ela. Então, rola mais uma treta. Na terceira vez, após assinarem o contrato e estarem em uma viagem de negócios, novamente rola uma confusãozinho, mas dessa vez, Do Jin começa a perceber que talvez os rumores não sejam assim tão reais.

▪ Ele desconfia do segredo dela e investiga secretamente;
▪ Ela desconfia do segredo dele por conta do que acontece;
▪ Ele descobre o segredo dela, mas não tem más intenções;
▪ Ela descobre o segredo dele e o ajuda quando ele precisa;
▪ Eles fazem um contrato para ajudar um ao outro;
▪ A cena dela “se transformando” na frente dele é hilária (“bad time TOTAL” 😂)
▪ Ele se preocupa com ela independente de quem ela seja;
▪ Ela se preocupa porque ele se preocupa com ela;
▪ O avô dele é #TeamSeGye 🤩
▪ Claro que eles acabam se apaixonando e a gente surta junto!!!

Gostei muito desse casal, todas as cenas: da primeira confusão ao primeiro beijo; da primeira briga já como casal à primeira bebedeira junto com os amigos! Simplesmente amei! 😍

🔳 Casal 2: Kang Sa Ra (Lee Da Hee) & Ryu Eun Ho (Ahn Jae Hyun)

Kang Sa Ra é a meia-irmã do Seo Do Jin que por um mal entendido acaba virando sua rival nos negócios. Ela aparenta ser bem má, mas na verdade é apenas solitária. Seus dias de solidão tem uma mudança quando por conhecidencias (pelo menos inicialmente) ela acaba por “esbarrar” diversas vezes com Eun Ho.

Eun Ho é o melhor amigo da Se Gye (na verdade, quase um cachorrinho 😂) e um dos únicos a saber o segredo dela. Além de ser a babá da cadelinha da Se Gye; ajudar a lidar com as confusões que ela arruma e amigo de bebedeira, ele é o rei dos “trabalhos de meio-período”.

Eis que durante um evento, a Se Gye precisa “brigar” com o Do Jin, mas primeiro, precisa manter a irmã dele longe do caminho… É aí que ela dá o trabalho para o Eun Ho distrair a Sa Ra. E é a partir daí que a vida desses dois começa a, literalmente, se esbarrar.

▪ Eu shippei MUITO esses dois!
▪ O Eun Ho é um fofo #FATO
▪ Aquela “maldade” da Sa Ra não enganava ninguém #FATO
▪ Eun Ho esbarrando com ela (inicialmente por acaso), morri de rir…
▪ Sa Ra naquele ar de “isso é muito incoveniente” para depois ficar procurando por ele pelos cantos.. 😍
▪ Sa Ra não desistiu dele mesmo quando ele revelou seu “sonho”;
▪ Eun Ho foi “chutado” pra fora de casa e acabou na casa de quem?! 😏
▪ Eun Ho e a cadelinha da Se Gye eram 😍
▪ Eun Ho também não conseguiu deixar a Sa Ra;
▪ O que foi aquela cena maravilhosa de encontro duplo ao acaso?! 😍

Os “coitados” que sofreram por conta dos chefes:

🔳 Yoo Woo Mi (Moon Ji In)

Ela é a gerente da Se Gye, é a que tem que lidar com a bagunça que sua amiga e atriz acaba arrumando por aí. Graças a isso, ela sabe o segredo de sua “cliente”. O humor dela muda conforme a músic a toca (por assim dizer). Não se engane com essa carinha de “anjo”, ela pode se tornar o diabo encarnado se for preciso.

▪ Morria de rir quando a Se Gye e o Do Jin se metiam em algum rumor e os reporteres ficavam tudo ligando pra ela (isso quando não a perseguiam no meio da rua);
▪ A amizade desses três (da foto) também foi um ponto forte… Claramente eles se conheciam a tempo sufiente pra conhecer de cabo a rabo as pequenas diferenças no humor de cada um. Sem falar que eram as pessoas certas para confortar um ao outro.
▪ O que foi a reação do Eun Ho e da Se Gye quando a Woo Mi começa a falar no telefone com o namorado secreto?! 😂

🔳 Jung Joo Hwan (Lee Tae Ri)

O retrato real de “faz tudo por um bônus salarial” 😂 Ele é o secretário (e praticamente babá) do Do Jin, também é o único funcionário que sabe do problema de seu chefe. Sobra pra ele ter que lidar com as confusões ou evitar que elas aconteçam. E quando seu chefe começa a namorar uma atriz famosa, ai é que a vida dele complica de vez…

▪ o braço direito e esquerdo do Do Jin;
▪ sempre precisamos de bons secretários 😂;
▪ apesar de se mexer com a frase “eu lhe dou um bônus”, ele tem um bom coração;
▪apesar de entender errado algumas situações (ninguém pode culpá-lo por isso), ele “arma” planos com boas intenções;
▪ a relação entre ele e o Do Jin é super divertida de se assistir;
▪ ele tenta ignorar o Do Jin sem muito sucesso! 😂

Então, não façam que nem eu que acabei ignorando esse drama e depois corria atrás dele… Assistam! vale muito a pena!

🔲 Fica a dica!

Come and Hug me

Ano passado o Nam Da Reum voltou a interpretar o protagonista na versão jovem nesse drama, e claro que tive que ir conferir. E gente, que drama foi esse?! 😱 Pra começo de conversa, no elenco tem mais dois atores que ao longo dos anos fui me cativando pela atuação deles: um é o Jang Ki Young (que até esse drama eu ainda não o tinha visto fazer personagens protagonistas) e o outro, Kim Kyung Nam (que ainda continuo sem vê-lo como protagonista, Coreia dá uma chance melhor pra ele, pois ele merece!).

Título Original: 이리와 안아줘 (Yiriwa Anajwoe)
Temporadas: S01
Nº de Eps.: 32 .:. 35 min.
Ano: 2018
País: Coreia S
Gênero: suspense – romance – crime – drama
Rating: 🖤🖤🖤🖤🖤

🔳 A História:

Quando eram crianças, Yoon Na Moo e Gil Nak Won se conheceram na escola e foram o primeiro amor um do outro. Eles são obrigados a se separar quando um serial killer e pai de Na Moo, Yoon Hee Jae, assassina os pais de Nak Won.

Nove anos depois, Na Moo agora é Chae Do Jin, um oficial novato da polícia que paga pelos pecados de seu pai. E Nak Won é Han Jae Yi, uma aspirante a atriz seguindo os passos de sua mãe. Ela sofre de sindrome do pânico, mas ainda assim, consegue viver a vida da melhor maneira que consegue. Entretanto, a tristeza do passado vem a tona novamente e o breve encontro deles, termina antes mesmo que comece.

Três anos depois, Jae Yi se torna uma atriz popular e Do Jin um experiente detetive. E o destino deles resolve conectá-los mais uma vez. Será o amor deles capaz de se provar contra o obscuro passado que os envolve?

🔳 Os Personagens:

(Época de escola…)

Yoon Na Moo é inteligente e silencioso, passa seus dias entre a escola, cuidando da irmãzinha e tentando evitar problemas. Então, seu mundo de “silêncio” é abalado pela faladeira Nak Won. E ele se vê envolvido com ela e a família dela. Ele é capaz de tudo para protegê-la da escuridão que pode cercá-los.

Gil Nak Won é extrovertida, faladeira e esperta. A primeira pessoa que se aproxima dela na escola é Na Moo, justamente para defendê-la de um professor. A partir daí, ela declara que gosta dele e que vai continuar gostando independente dos sentimentos dele. Na Moo é o único capaz de deixá-la “sem palavras“.

Yoon Hyun Moo é o irrmão mais velho e problemático de Na Moo. Na escola, é o líder do bullying, na rua, é o líder da confusão. Tudo que ele mais quer é impressionar seu pai, tudo que ele mais detesta é a atenção que a madrasta dá ao seu irmão. Ele se sente negligenciado, e tenta se fazer de duro, mas no fundo, tem bastante carinho por sua família.

Gil Moon Won é o irmão mais velho de Nak Won. Geralmente é calado e silencioso, vive estudando e cuidando da irmã. Na opinião dele, não teve nenhum bom encontro com os irmãos Yoon: um ele enfrentou enquanto batia em um garoto na escola; o outro, o fez se preocupar com a segurança de sua irmã.

(Doze anos depois….)

Chae Do Jin praticamente é visto como a personificação do mal por ser filho de um serial killer. Ele cresceu achando que também deveria ser um monstro por ter o sangue do assassino em suas veias, e a sociedade, em nada ajudou para ele mudar esse pensamento. Se doze anos atrás ele estava disposto a qualquer coisa para proteger Nak Won, hoje isso não mudou nem um pouco. E por mais que se sinta culpado, quando tem a chance de revê-la, ele agarra com todas as forças por essa oportunidade.

Han Jae Yi se agarra ao seu trabalho na tentativa de não afundar em tristeza. Para ela, Na Moo não é só uma lembrança constante da morte dos seus pais, mas também a luz de um farol para um barco a deriva. Ela ainda nutre sentimentos por ele, e sabe que ele sente o mesmo, apesar de também saber que ele se sente culpado. Agora, ela precisa de proteção, e a única pessoa que ela pode e quer contar é Do Jin.

Yoon Hyun Moo tanto quis fazer para impressionar o pai que passou seus anos na cadeia. Na primeira oportunidade que tem, ele decide se vingar do irmão que “separou” sua família, apenas para sentir na pele que tudo que ele acreditava era apenas uma fantasia. Mas talvez, ainda não seja tão tarde de fazer o que ele deveria ter feito anos antes, proteger a família dele.

Gil Moon Won se atrasou por duas vezes no passado, e cresceu com a culpa de não ter conseguido proteger suas famílias. Agora, ele é um promotor que praticamente só enxerga o preto e o branco. E que tenta loucamente proteger a irmã.

Yoon Hee Jae conheceu uma jornalista que o ajudou a lançar sua biografia, ainda está preso, mas não desistiu de transformar seu filho mais novo em alguém igual a ele. Na cabeça dele, doze anos atrás, na noite dos assassinatos, ele quase teve sucesso em seu plano, quase… Agora, o monstro espera a oportunidade de respirar mais uma vez.

🔳 Porque Gostei do Drama:

▪ A construção dos personagens ficou maravilhosa;

▪ A escolha dos atores… Você consegue perfeitamente ver no Do Jin sua versão mais nova, Na Moo… Realmente parece que foram os mesmos atores!

▪ Cada vez mais encantada com as atuações dos três atores que falei lá em cima!!! 😍

▪ Você consegue entender os personagens, e os acontecimentos não pareceram forçados demais;

▪ O casal… Simplesmente não tem como não shippar… tipo, tem toda a controversia por um ser filho do assassino e outro da vítima.. mas ninguém consegue ver que ambos foram as vítimas do caso, além claro, deles mesmos… Ou melhor, da Nak Won (pq o Na Moo ainda se sente culpado)

▪ os personagens secundários também arrasaram!

▪ só achei um tanto inutil a presença da doida apaixonada pelo Yoon Hee Jae 😒

O drama foi maravilhoso… Teve muita cena surtável; teve o susense todo envolvendo o pai do Na Moo e os assassinos seguintes; teve drama familiar; teve drama; teve cena beirando o cômico; a gente se apaixona; quer chorar; tem raiva; mais raiva; um pouco mais de raiva; vontade de bater em alguém; vontade de abraçar alguém; vontade de dizer “vai ficar tudo bem”; enfim, mil emoções…

🔲 Fica a dica!

Anthology (2018)

Mais um kdrama especial que trago para vocês… Dramas especiais são um pouco dificieis de achar, às vezes tem no viki ou sites do tipo, mas muitas vezes você encontra no próprio youtube. Nesse caso, eu vi pelo youtube novamente com a legenda em inglês.

Título Original: 문집
Temporadas: S01
Nº de Eps.: 1 .:. 60 min.
Ano: 2018
País: Coreia S
Gênero: drama – school – youth
Rating: 🖤🖤🖤🖤

A história do primeiro amor de um garoto, Jin Hyun (One), e uma professora – Shin So Yi (Shin Eun Soo) – que retorna aos seus tempos de colégio através de suas memórias escritas em um velho caderno.

Em seus tempos de escola, So Yi acaba indo morar junto com seus tios e sua avó em uma cidade do interior, enquanto espera sua mãe buscá-la, ela acaba sendo transferida para uma escola local contra sua vontade, deixa claro que não tem a mínima intenção de fazer amizades porque irá estudar nos EUA. (sim, ela é bem mimada e se acha superior que os colegas de classe….)

Enquanto isso, Jin Hyun é o aluno estrela da sala, mas que por acaso foi visto perto de um local de incêndio por So Yi (que o chama de incendiário, por isso). Ele se oferece (e oferece a So Yi junto) para fazerem um trabalho juntos (“Anthology“), e ela só concorda após uma fã dele tentar encher a paciência dela.

Ele continua tentando se aproximar dela, e ela continua o evitando (a não ser quando a fã dele enche a paciência dela, e ela resolve se vingar falando com ele 😂). Por mais ‘perfeito’ que possam achar que ele é, eles tem seus próprios problemas como todo mundo, incluindo problemas com seus “pais”.

Por vários fatores eles acabam sempre juntos… Seja por culpa dos professores ou deles mesmos. Então, eles passam a dividir seus pensamentos e apoiar um ao outro.

É uma história de amizade entre dois jovens lutando para sobreviver entre os erros dos adultos. Compartilhando momentos e pensamentos em seus tempos de escola. Simples e bem elaborado. Se eu queria mais? Claro! Mas ainda assim, deixou aquela sensação de trabalho bem executado.

Obs: o ONE parece tão criança nesse drama em compração à “Her Private Life“, parece que o menino cresceu muito durante apenas um ano. 😍

🔲 Até o próximo post!

Ah, o blog tem twitter agora: @GS_byanngominho

If We Were a Season

If We Were a Season” faz parte de uma série de kdramas especiais que vez ou outra saem na Coreia. “Especiais” porque geralmente só tem um ou dois episódios, quase sendo um filme para a tv como alguns canais estrangeiros têm (muito comum em canais como a disney channel e o hallmark).

Título Original: 우리가 계절이라면
Temporadas: S01
Nº de Eps.: 1 .:. 1 hr. 7 min.
Ano: 2017
País: Coreia S
Gênero: romance – youth – school
Rating: 🖤🖤🖤🖤

Nascidos no mesmo dia e criados lado a lado, os estudantes Yoon Hae Rim (Chae Soo Bin) e Uhm Ki Seok (Jang Dong Yoon) são amigos próximos. Eles nunca disseram isso, mas são indispensáveis um para o outro.

Um dia, um estudante transferido de Seul chega na escola deles, Oh Dong Kyung (Jung Jin Young) é corajoso e não tem medo de dizer o que pensa ou sente, diferente dos dois amigos. Será o recém chegado suficiente para abaçar a amizade deles?

If We Were a Season” é aquele típico drama que retrata os conflitos de quando seu primeiro amor juvenil é a pessoa que você considera “melhor amigo(a)” e não quer estragar as coisas com sentimentos que podem ou não serem correpondidos. É a luta interna entre o risco de tomar um passo à frente e o medo de colocar tudo a perder. É o despero juvenil de alguém que ainda tem muito pela frente, mas não consegue ver isso.

A amizade entre Hae Rim e Ki Seok é longa o suficiente para eles entenderem tudo sobre o outro, exceto como eles realmente se sentem. Então, antes que Ki Seok encontre a melhor maneira de sair da “friendzone”, Dong Kyung chega e deixa claro que quer se “enfiar entre os dois”.

Apesar de Hae Rim não parecer estar inclinada a aceitar os sentimentos de Dong Kyung, ela acaba passando por algumas dificuldades familiares na companhia dele, fatos que não chega a revelar ao melhor amigo que se sente traído pela aproximação subta entre os outros dois. E é aí que começa o “rompimento” entre Hae Rim e Ki Seok.

A história é curtinha, como eu disse parece mais um filme que qualquer outra coisa… Mas bem elaborada e como uma ótima escolha para os atores. Gostei da química entre eles, e torci para esses jovens falarem o que pensam de fato ao invés de deixar o medo dominá-los. No final, eles quase se perderam por conta desse “medo”.

Assisti pelo youtube em inglês, não sei se encontra com as subs em PT, mas vou deixar aqui caso vocês queiram conferir!

🔲 Até a próxima!

Her Private Life

Há vários anos eu praticamente virei “stalker” dos dramas da Park Min Young, por ela ser uma das minhas atrizes favoritas… Hoje em dia, ela é praticamente considerada a “Rainha das Comédias Romântias” e sempre está arrasando nos papéis. É incrível como ela tem muita química com os atores que contracena… E nos enlouquece nos “shippers”. E com essa não poderia ser diferente, mesmo tendo o meu “amado fantasma” (vulgo: Kim Jae Wook em um drama de 2013) inovando nos gêneros de dramas…

Título Original: 그녀의 사생활 (Geunyeoui Sasaenghwal)
Temporadas: S01
Nº de Eps.: 16
Ano: 2019
País: Coreia S
Gênero: comédia – romance
Rating: 🖤🖤🖤🖤😍
Onde Encontrar: kingdom

No dia a dia, Sung Dok Mi é uma competente curadora de uma galeria de arte, mas ao sair do trabalho, ela vira gente como a gente e deixa seu lado fangirl tomar conta da sua vida. Claro que ela mantem essa outra personalidade muito bem escondida, só as pessoas mais próximas conhecem seu segredo: seus pais e seus melhores amigos. Nesse mundo de fãs, ela administra um fórum bem famoso sobre seu ídolo, Cha Shi An, além de ser uma excelente paparazzi e sempre conseguir os melhores prêmios do mesmo.

Ao retornar à Coreia, Ryan Gold, é pisoteado por fãs do Cha Shi An no aeroporto e ainda serve de “amortecedor” para uma estranha que cai em cima dele, devido ao incidente, ele acaba ficando com um pertence da mesma. Depois, em um leilão, ele acaba sendo rival de Dok Mi por uma pintura que é obcecado. Entre flertes e rixas, ele acaba descobrindo que ela trabalha para a mesma galeria que ele é o novo diretor.

Eis que suas duas personalidades de Dok Mi cruzaram com Ryan Gold e a vida de ambos está prestes a tomar rumos inesperados.

🔳 Motivos para você amar Ryan Gold:

▪ Vocês já viram a carinha desses homem?! 😍

▪Por um acontecimento inusitado, ele acha que a Dok Mi é tem um relacionamento secreto com uma mulher, e decide protegê-la das intrigas do mundo; 😂

▪ Ele não mede esforços quando se trata de ajudar a Dok Mi, na maioria das vezes, sem que a própria saiba disso;

▪ Ele literalmente grita no meio da rua que é o namorado dela para protegê-la;

▪ Mesmo quando acha que ela não gosta dele, ele quer ser seu namorado de verdade;

▪ Ele não só descobre que ela é uma fangirl como se inscreve no fórum dela para tentar se aproximar dela;

▪ Ele está disposto a ser um fanboy por ela (nem que seja um “fanboy” dela e não do ídolo que ela gosta 😂);

▪ Ele é completamente fofo, mesmo quando está tendo “ataques” de ciúmes;

🔳 Motivos para você adorar a Dok Mi:

▪ Ela dá seu 100% em tudo que faz;

▪ É linda, competente e trabalhadora;

▪ É gente como a gente, vulgo fangirl;

▪ Ela trata bem as pessoas com que trabalha;

▪ Tem uma melhor amiga fangirl como ela;

▪ Não esconde sua admiração pelo diretor Ryan;

▪ Também quer namorar com ele na real;

▪ Ela é maravilhosa surtando pelo Cha Shi An;

🔳 Motivos para você surtar com esses dois juntos:

▪ Ryan Gold nos faz perguntar onde estão os “homens como ele?!”

▪ Não há segredos entre eles;

▪ Eles conversam se tiverem um problema, nada de dramas…

▪ Ele se torna o fanboy número um dela;

▪ Ele tem ciúmes do Cha Shi Ah, mas acha o lado fangirl adorável;

▪ Ela acha ele fofo com ciúmes do Cha Shi Ah;

▪ Ela sabe onde encontrá-lo quando ele está inquieto;

▪ Os pais dela o adoram;

▪ A cara dele quando olha pra ela;

▪ A cara dela quando olha pra ele;

▪ Eles dois juntos!!! 😍

Não só de amores é feito uma vida… Nam Eun Gi & Lee Seon Joo estão na vida da Dok Mi tanto tempo quanto seus próprios pais…

🔳 Os Melhores Amigos Dela:

Seon Joo é a alma gêmea da Dok Mi e como ela também é uma fangirl (ou era, já que diminuiu esse seu lado após casar e ter um filho);

▪ Elas compartilham o fanatismo juntas, surtam, vão aos lugares que o ídolo foi, tentando apreciar ao máximo as oportunidades que conseguem… e claro, sempre juntas! 😆

▪ Como excelente BFF, Seon Joo e Dok Mi estão sempre a postos para os momentos alegres, tristes, de bebedeira e de vingança de ambas…

▪ Seon Joo também é capaz de enxergar mais coisas que Dok Mi, por isso, sabe dos sentimentos do outro amigo;

▪ Na visão da Dok Mi, Eun Gi é como seu irmão; Na visão do Eun Gi, Dok Mi será sua futura namorada; 🙄

▪ Como todo segundo líder, ele gostou dela em segredo por mil anos e só resolveu se declarar quando o Ryan apareceu na história; 🙄

▪ Ele usa sempre o argumento que “conhece ela a mil anos…”, “esteve com ela durante toda a vida dela….” e claro, “sabe todos os segredos dela” – tiíco de segundo líder recalcado…

▪ Apesar de tudo, a amizade deles é algo realmente lindo, o que se torna um pouco impossível você ter raiva dele.. Tanto que até o próprio Ryan não quer ver essa amizade encerrada…

🔳 As rivais da Dok Mi:

Em relação ao Cha Shi Ah: Cindy / Kim Hyo Jin

▪ Cindy é a rival da versão fangirl da Dok Mi que ao contrário da prota, geralmente usa o dinheiro para conseguir se dar bem;

▪ Cindy chega a crir um perfil de fofocas envolvendo a curadora Dok Mi, Ryan Gold e o ídolo Cha Shi Ah;

▪ Na tentativa de provar que suas “fofocas” são verdadeira, ela assume sua verdadeira identidade “Hyo Jin” e acaba indo trabalhar na galeria;

▪ A mimada Hyo Jin que tem uma péssima mãe e mal conhece o mundo real, mas acaba se descobrindo e aprendendo valores importantes;

Em relação ao Ryan Gold: Choi Da In

▪ A amiga do Ryan que retorna à Coreia com o objetivo de fazê-lo voltar para os EUA com ela; (sempre! 🙄)

▪ Ela desperta os ciúmes da Dok Mi e chega a causar algumas intrigas;

▪ Mesmo percebendo que perdeu a parada, ela ainda ajuda o Ryan e o Cha Shi Ahn;

▪ Amigos de “cachaça” – Da In & Eun Gi; 😆 curti essa amizade!

🔳 O “rival” do Ryan e “ar que ela respira”: Cha Shi Ah

▪Ele é um jovem ídolo que tem muito carinho por sua fã “Cha Shi Ah é minha vida” (acho que é esse o nome do site da Dok Mi);

▪ Ele mora no mesmo prédio que o Ryan;

▪ Ele conhece a curadora Dok Mi ao acabar se envolvendo num escândalo com ela;

▪ Após confusões, os três acabam ficando “amiguinhos” 😍

▪ Shi An “shippa” o casal (claramente!!) 😍

▪ Shi An e Ryan são fãs da mesma pessoa;

▪ Ele esconde um segredo;

🔳 Considerações Finais:

▪ Cenas surtantes? ✔
▪ Cenas fofas? ✔
▪ Cenas engraçadas? ✔
▪ Casal TOP? ✔
▪ Amizades memoráveis? ✔
▪ Segredos não tão secretos? ✔
▪ OST 😍? ✔
▪ Dramalhão? ✖
▪ Gostinho de “quero mais”? ✔

🔲 Fica a dica! ❤

Beautiful World (2019)

Olá pessoas! Depois de uma maré de cdramas e até um turco, voltei com um kdrama que terminei ontem… Apesar de geralmente gostar dos “melodramas” da vida o que me atraiu para este foi o ator mirim, Nam Da Reum, ele anda arrasando nos últimos anos, apesar de geralmente só interpretar a versão mais jovem dos protagonistas 😂

Título: Beautiful World
Temporadas: S01
Nº de Eps.: 16 .:. 60 min.
Ano: 2019
País: Coreia S
Gênero: melodrama – suspense – school bullying
Rating: 🖤🖤🖤🖤

Beautiful World” fala sobre um incidente de bullying em uma escola que leva um jovem a ficar entre a vida e morte em um hospital, e sua família que busca justiça para ele.

Park Moo Jin (Park Hee Soon) e Kang In Ha (Choo Ja Hyun) são casados. Ele trabalha como professor em uma escola e ela é dona de uma padaria. Eles aprenciam a vida deles com seus dois filhos, mas a paz é interrompida quando o filho deles, Park Sun Ho (Nam Da Reum), que estuda no terceiro ano, se torna vítima de violência escolar e dá entrada no hospital entre a vida e a morte.

Seus pais tentam revelar a verdade por trás do acontecido. Park Soo Ho (Kim Hwan Hee), a filha mais nova que estuda no mesmo colégio, também decide buscar a justiça sobre o ataque que seu irmão sofreu.

Enquanto isso, Oh Jin Pyo (Oh Man Suk) e Seo Eun Joo (Jo Yeo Jung) são um casal em que ambos vieram de famílias ricas. Ele é o diretor de uma privada fundação escolar, enquanto ela é dona de casa. O casal nunca experimentou “falha” ou “falta de nada” em nenhum sentido. Entretanto, a situação muda rapidamente quando o filho deles, Oh Joon Seok (Seo Dong Hyun) se mete em problemas na escola. Isso faz com que ambos acabem tendo que encobrir os erros do filho para manter seus lugares na sociedade.

Um dia você se encontra na sua rotina de sempre, no outro, seus filhos saem de casa e apenas um retorna. Quando você descobre o paradeiro do desaparecido, este já se encontra entre a vida e a morte em uma cama de hospital. Todos dizem que foi suicidio, que seu brilhante garoto se jogou do telhado da escola, mas como mãe, como pai, como irmã, você não acredita nisso. Ninguém o conhece tão bem quanto vocês, ninguém parece querer descobrir a verdade, todos parecem querer apenas escolher o caminho mais fácil: jogar a culpa em quem está morrendo.

A busca pela verdade é como um labirinto, esbarrando mais em paredes e caminhos que não levam a lugar nenhum do que a espaços abertos que levam ao objetivo. Mas quando Park Soo Ho, a irmã mais nova do garoto, esbarra em alguém disposto a ajudar a desvendar os segredos por trás dos acontecimentos que levaram seu irmão a lutar pela vida, a verdade acaba se mostrando mais intrigante do que o esperado.

Semanas antes do acontecido com Sun Ho, uma estudante “desapareceu” da escola. A garota estava envolvida tanto com a atual vítima quanto o suspeito, Joon Seok. Um saiu como “stalker” o outro como “inocente” da história, mas nem tudo é o que se aparenta. Talvez, o caso de Jung Da Hee (Park Ji Hoo) esteja mais ligado aos novos acontecimentos do que alguém possa pensar.

Pegue um garoto que cresceu em uma família que não aceita “falhas e erros”, uma mãe que enfrenta qualquer coisa para evitar que seu marido agrida seu filho. Um pai que esconde a verdadeira face por trás de uma mascara de “bom homem”. Assim é a família Oh… Mais lamacentos do que muita gente pensa, mais intocáveis do que a polícia gostaria. E eles gostariam… Eles já pegaram o rastro, falta encontrar as provas…

A palavra que descreve esse drama é simplesmente “desesperador”.

O desespero de pais para descobrir a verdade sobre o que levou seu filho aquele estado; o desespero de uma irmã que vê seu irmão deitado em uma cama podendo ou não acordar; o desespero de uma tia que tem que ser forte para os que estão ao redor não sucumbam; o desespero de uma jovem que sofre em silência vítima de um agressor poderoso; o desespero de quem sabe mais do que pode falar; o desespero de alguém que não sabe como agir; o desespero das vítimas; o desespero das testemunhas; o desespero de quem luta e de quem foge; o desespero de alguém dispoto a tudo para continuar por cima.

Se você procura um bom melodrama com uma pitada de suspense, esse é seu drama!

🔲 Fica a dica!

Ah sim…. Apaixonada pela OST! 🖤

King2Hearts

Como se o elenco não fosse motivo suficiente para me fazer ver esse drama na época em que ele estava passando, a OST com certeza também ajudou! E após uns três ou quatro episódios, brincadeira menos que isso… Me apaixonei por esse kdrama! Preciso dizer que ele entrou na minha lista de favoritos?!

Imaginem que a Coreia do Sul é uma monarquia, ainda continua tendo seus problemas com a Coreia do Norte, mas estão mais aptos a se aceitarem do que os dias de hoje… De um lado temos um principe e do outro uma comandante do exercito. Esse é o plot do drama! Partiu!

Título: King2Hearts
Temporadas: S01
Nº de Eps.: 20 .:. 1 hr. 5 min.
Ano: 2012
País: Coreia S
Gênero: romance – militar – comédia – drama
Rating: 🖤🖤🖤🖤🖤

Lee Jae Ha (Lee Seung Gi)
É o irmão do rei, um tanto inútil, imprudente, preguiçoso.. Basicamente não quer nada com a vida a não ser se divertir. 😒 Eis que seu irmão mais velho, o manda direto para o exército (onde está rolando uma tentativa de unificação militar entre as duas Coreias, e assim, eles poderiam competir com as maiores potências militares do mundo..)

Enfim, suuper contra sua vontade ele é mandado para esse “treino”. E com sua personalidade “adorável”, é claro que ele não se dá bem com a galera e vive tentando ser eliminado da coisa. Apesar de ser príncipe, as coisas não saem como ele quer. 😂

Kim Hang Ah (Ha Ji Won)
Pertence ao exercito Norte-Coreano e é uma das melhores (se não for a melhor). Tecnicamente a função dela é estudar a “família real sul-coreana” a ponto de saber perfeitamente os melhores métodos de mata-los se necessário (ou pelo menos é isso que ela diz para o Lee Jae Ha 😂)

Ela é uma excelente soldado, por isso, ela é um tanto inocente se tratando do sexo masculino (quando se trata de “namoro”) e isso é um dos motivos para ter problemas com o Príncipe para começo de conversa. 

O Rei e sua Rainha:

Então, por diversos motivos – e o principal porque o irmão do Jae Ha quer casá-lo com a Hang Ah desde o começo – esses dois acabam ficando noivos. E ser de nacionalidades diferentes é o menor dos problemas deles. (apesar que os únicos membros da família real que inicialmente aceitam esse relacionamento são os próprios rei e rainha, ou seja o irmão mais velho e a nora do príncipe.) Mas na verdade, o problema maior são eles próprios!

Primeiro, o imbecil do Jae Ha não se toca que realmente gosta dela e acaba usando-a de um modo bem infantil 😒; Segundo, a Hang Ah decide se vingar, e faz isso em “rede nacional” 😁; ai temos todos os acontecimentos dramáticos e necessários que transforam o príncipe em rei 😢, e a única pessoa próxima para “consolá-lo” sem colocar mais peso sobre ele é a Hang Ah. Ou seja, eles se aproximam! 😍 

Enfim, depois de várias idas e vindas, e de diversos momentos “sim, sou um completo imbecil” protagonizado pelo Jae Ha 😒 Ele se toca que a Hang Ah o ama e não pode viver sem ela, ignora todos os protocolos e atravessa a fronteira para a Coreia do Norte para “pegar de volta” sua mulher. 😏😍

Eles são aquele casal que tiveram suas “picuinhas” iniciais, mas que devido a convivência foram se apaixonando aos poucos e estrangulando meu coração até finalmente se deixarem pertencer ao outro. Mas só porque casaram não significa que virou aquela paz, nada disso.

Hang Ah mostra-se de fato a melhor companheira para ele, porque eles estão lutando contra um inimigo que não quer ver a união das Coreias, e a Hang Ah, é corajosa, inteligente, e capaz de matar qualquer um que tentar destruir a felicidade deles ou que se meta na família deles.

A Princesa e seu Soldado:

O outro casal desse drama que me fez ter vários ataques cardíacos…

De um lado temos a irmã do Jae Ha, a Princesa Lee Jae Shin (Lee Yoon Ji) que é rebelde, canta em uma banda e não vive a vida dela nas “restrições” de seu sangue real. E  do outro, temos o soldado Eun Shi Kyung (Jo Jung Suk) que é completamente certinho e seguidor das regras. 😍

Ele é ordenado a pegar a Princesa, mas ela dá um “olé” nele e vai para um show. Sem saber que na verdade a vocalista tirando onda da “Princesa” é a própria, Shi Kyung acaba ‘prendendo’ a garota até descobrir quem ela é de fato. E aí começa a história deles… 

Como “nova obrigação” ele deve “cuidar” da princesa, e aos poucos aquela rebelde conquista o coração do pobre soldado. Tanto que ele que não liga para o que os outros pensam dele, mas fica bastante perturbado quando ela o chama de “enfadonho” ou coisa do tipo (por sinal, esse episódio é suuper engraçado!).

Assim como o casal protagonista, esses dois tem uma mútua atração inicial, mas os sentimentos em si se desenvolvem com o tempo. Nos momentos em que ele a protege; nas horas que ela o provoca; quando ela passa por coisas ruins e precisa enfrenta-las; ele sempre está ao lado dela, não importa qual seja a situação ou problema…

O próprio Jae Ha chega a tirar onda sobre “o casal”, mas claramente apoiando se o Shi Kyung resolver criar coragem e dizer seus sentimentos pela irmã do rei. 😍😍😍

Não vamos esquecer.. do vilão que consegue ser meio-psicopata, louco e idiota ao mesmo tempo = John Mayer (Yoon Je Moon)

Ele é o maluco por trás dos conflitos entre as duas Coreias e vários outros casos no drama, inclusive o motivo para o Jae Ha se tornar rei antes do tempo. O doido se “refugia” na China, e tem vários peões ao se dispor para colocar seus planos em prática:

um deles foi tentar explodir o Jae Ha enquanto ele está na Coreia do Norte (e claro, jogar a culpa no outro país); e outro foi sequestrar a rainha mãe (mãe do Jae Ha) e a Hang Ah (a futura rainha quase morre nessa empreitada).

Mas claro que o casal “badass” (quando finalmente se permitem ser) e seus amigos/aliados vão atrás desse cara (o que rende outra cena maravilhosa, quando o Jae Ha pede ao Shi Kyung para defende-lo da Hang Ah se ela ficasse com raiva do plano secreto deles… 😂😂😂)

Tive MUITOS momentos de raiva desse cara e do grupo dele, mas principalmente por separar meu casalzinho lindo 😍. Odeio ele até hoje!

🔳 Destaques merecidos:

o antigo e futuro Rei

Ah… esses dois juntos era maravilhoso!!! 😍 Os irmãos Lee totalmente se tratavam como simples “ irmãos” 😆 o Jae Ha só “fingia” ligar para o fato do irmão ser o rei quando estava com raiva do mesmo! 😂😍

Sem falar que o Rei foi o MAIOR shippador do casal Jae Ha & Hang Ah! (e provavelmente teria sido líder do fã-club da irmã também!!! só acho! 😆)

O time de unificação das duas Coreias

Três soldados norte-coreanos e três soldados sul-coreanos unem as duas coreias nos “jogos militares”. Que grupo maravilhoso que me rendeu vários momentos de riso (justamente porque um dos membros é o principe e ele está tenando ser expulso do programa! 😂)

Entre os norte-coreanos temos a Hang Ah como líder; o tímido Yeong Bae que é bom como snipper; e o aparente bruto, porém fofo Kang Suk (fã da Tiffany do SNSD). Os três se unem em um plano para assustar o principe e fazê-lo participar do programa sem causar problemas. (Cenas maravilhosas 😍)

No lado sul-coreano temos o suposto líder, o principe Jae Ha; o líder de fato, Shi Kyung; e o “capacho” do principe, Dong Ha. O principe não se dá bem com ninguém inicialmente, a não ser o Dong Ha que resolve fazer tudo o que ele quer já que o Jae Ha é o principe.

Mas ao longo do tempo em que eles estão tentando passar no teste para a Coreia ter um único time nos “jogos militares” mundial, eles vão se conhecendo, brigando, quase se matando, tendo vários momentos engraçados e outros de entendimento mútuo. E enfim, eles se tornam todos amigos!

Conclusão: Eu sou suspeita para falar do drama porque amo ele todinho do elenco à OST; dos casais ao vilão (odio também é forma de amor, segundo dizem!) E sim, recomendo ele gritando que nem louca e com muitos corações nos olhos!!!

🔲 Fica a dica!