Esperanto?!

Hellou’ Pessoas!!

Sobre a última postagem (sexta-feira) é uma sessão nova que resolvi começar aqui no blog. Pensei que se já havia aberto essa aqui contando um pouco mais sobre mim, por que não trazer textos meus também, né?! Alguns terão continuação (nas próximas postagens referidas), outros não. Espero que gostem! Também quero aproveitar para treinar minha “escrita criativa” com eles. Se gostarem deles, conto com seus comentários positivos! ^^

Sexta foi sexta, e hoje já é outro dia (sério Anna?! nem tinha notado! ¬¬ ). Ignorando esse meu comentário óbvio vamos ao assunto de hoje. Pra quem me conhece na real, ou leu meu “perfil” ao lado direito aqui do blog viu que me interesso por idiomas. Amo de verdade e me interesso muito em aprendê-los! Como todo mundo, tive que optar entre “inglês” e “espanhol” nos tempos de escola, e confesso, espanhol não é a minha praia. Tipo, eu consigo entender textos e até mesmo se falarem comigo nessa língua, mas daí a responder num nível além de “portunhol”, bem, não. hahahah Inglês é minha praia; Espanhol são as praias habitadas pela minha mãe, irmão e a Bruce)

Mas não é de “inglês e espanhol” que vou comentar hoje. Após aprender inglês (e continuar aprendendo, já que é um estudo que nunca pára), meu amor pela ásia me levou ao japonês. Na época, ainda era criança e morava em Maceió/AL, ou seja, minha fonte de aprendizado era animes e mangás (foi assim também que acabei conhecendo os jdramas – caminho sem volta como bem sabem!). Apesar de aprender alguns vocabulários não fui tão longe, e acabei deixando de lado. Anos mais tarde, mergulharia nos cdramas e a partir daí, surgiu meu interesse pelo mandarim. Mas também não é dele que vou comentar (ao menos, não hoje…)

Durante meu tempo em Floresta/PE (naquele período de eleição), não lembro exatamente como o assunto surgiu, mas eu e mamis acabamos conversando sobre Esperanto. E gente, eu nunca, ABSOLUTAMENTE NUNCA, tinha ouvido falar dessa língua. Eis que curiosa como sou fui catar mais sobre ela, e bem, sim, é sobre isso que queria comentar com vocês! Meus dias com Esperanto…

Lets?!

Leia mais »