Spectros (2020)

Bonan Tagon!

Cá estou eu de volta trazendo uma série perdida no netflix e que você provavelmente NUNCA, mas NUNCA, ouviu falar..
Até porque nem eu mesma sabia que raios de série era essa, até o fatídico dia em que esbarrei com ela…
Pra começo de conversa, a série é brasileira, e eu nem sonhava com isso. hahahah Sim, pessoas eu nem tinha visto o poster..
Tudo que eu vi foi “fantasmas”, “fantasia”, “terror”, “serie curta”.. E pensei: “Partiu!”

País: Brasil
Ano: 2020 (S01)
Temporadas .:. Nº de Eps: 1 | 07 eps
Gênero: fantasia + sobrenatural +“terror”
Onde Assistir: Netflix
Cast Protagonista: Cláudia Okuno (Mila) | Danilo Mesquita (Pardal) | Mariana Sena (Carla) | Enzo Barone (Leo) | Pedro Carvalho (Zeca) | Miwa Yanagizawa (Zenóbia) | Daniel Rocha (Ricardo)

No Geral:

  • Você é da geração que assistia “Malhação”?! Não aquelas versões antigas que eram até maravilhosas, as que vieram depois.. Tipo, anos 2015 e por diante… Enfim, qual a novela pareceu virar uma mistureba de histórias e “treinee” de atores novatos.. É dessa época que eu tô falando. Bem, pegue essa “fase da malhação”, misture com um pouco de história do brasil e tasque uns fantasmas no meio… E é esse série!

O rolê muitoooo aleatório começa quando três adolescentes se esbarram uma noite.
Pardal é um cara que procura todos os meios errados, para sobreviver e levar comida para casa, desde que sua mãe sumiu e o deixou com seu irmãozinho, Leo. Ele trabalhava como mecânico quando conhece a jovem Mila, uma garota que faz de tudo pra ser “perfeitinha”, mas que tem problemas em lidar com o pai alcóolatra. No colégio, ela costumava ser amiga de Carla, mas a jovem passou a ser “problemática” devido as vozes que tem na cabeça e faz bullying contra ex-bff.

Eis que, no mesmo dia que Pardal e Mila se conhecem, Carla acaba indo atrás da ex-amiga por necessitar ajuda do pai da mesma, por conta de vários problemas, eles acabam no mesmo carro e indo parar no mesmo destino. Só que as coisas ficam meio loucas quando ao entrar na residência de uma suposta bruxa, os três são atacados por um corpo em chamas que segura uma boneca antiga. Essa boneca acaba parando nas mãos de Carla, na fuga, os três atropelam o “corpo em chamas”, a policia encontra o corpo, e logo começa a procurar quem o matou.

A história então, começa no momento em que os três já estão “presos” por dois policiais que querem saber como os três que não tinham ligação alguma, acabaram no mesmo carro e matando uma pessoa. E claro, não vamos esquecer que apesar de duas serem “adolescentes” (não tenho certeza da idade do Pardal), os dois policiais nem ao menos ligam o mínimo para os direitos dos três.
E o rolê todo se desenrola no que está atrás deles e porque. Como o pai de Mila está envolvido, porque Carla tem dores de cabeça, e como raios, o irmãozinho de Pardal se meteu na coisa toda.

  • Lembra do comentário da “Malhação”?! Continua com ele na cabeça…
  • A série toda se passa durante uma única noite, no bairro da liberdade em São Paulo.
  • A ideia da série de “trazer” um pouco da história dos imigrantes japoneses no nosso país, ou o que aconteceu com a maioria deles na época da guerra.. Foi bem feita! Preciso admitir isso! Gostei muito dessa parte da “versão sobrenatural de Malhação”.
  • Gostei como a personagem da Zenóbia (sério produção?! esse nome pra coitada!!!) faz um paralelo de como a história do Brasil foi “escondida” no passado e como ela continua a se repetir de certa forma no futuro. Fora uma coisa que ela diz “vocês tem que se unir, deixar as diferenças de lado para se salvarem”. E prontamente, os “fantasmas” fazem o oposto.
  • Não sei onde ficou a parte do “terror”, até hoje estou procurando…
  • Esperava um pouco mais de “ação” da tal “princesa fantasma”, dão tanta importância pra ela que achei que ela seria A presença quando surgisse.. mas a cena foi, literalmente, roubada pela Mila. hahaha
  • Enfim, ainda estou tentando uma certa dificuldade pra saber se gostei ou não da série.. Me incomodaram algumas coisas nela (muitas coisas na verdade), porém, a parte da “história”, eu gostei, de certa forma. Acho que se eles tivessem explorado mais esse aspecto, a série teria sido melhor. Talvez…

Gis la revido!

Um comentário sobre “Spectros (2020)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s