Vitorianas Macabras

Hellooou Pessoas!

Assim como minha lista de dramas atrasados, minha cabeceira começou a juntar livros não lidos… #triste (cabeceira não, o lado contrário da minha cama mesmo hahaha) Ganhei, me dei e recebi alguns do clube intrínsecos, mas estava sem muito ânimo para ler qualquer coisa. Só nas últimas semanas (perto do fim de Novembro) foi que comecei a me reanimar com as coisas que sempre me animaram. E junto a essas coisas, estão àqueles livros, daquela editora, nos quais vivo gritando por ai que amo: Darkside.

Quem me conhece sabe que sempre fui grande fã de livros de suspense e terror, assassinatos sempre me chamam atenção nos livros, principalmente se o culpado é no mínimo inteligente (acreditem, alguns são quase uma vergonha alheia que não sei como não são descobertos mais rápidos… ¬¬).
Então, quando eu vi esse livro aqui, claro que eu o quis muito… E não tardei a me dar de aniversário – mentira, demorei até o meu niver pra me dar e só fui terminar de ler essa semana… hahahah

Lets!

Ultimamente tenho evitado ler as sinopses pra ser “pega” de surpresa, por isso, não fazia menor ideia que não era um livro sobre “assassinatos”, e sim, histórias de terror, suspense, no teor sobrenatural, na maioria das vezes. Se fiquei decepcionada? Claro que não! Amo essas coisas!

O livro é uma antologia de contos da Era Vitoriana (ou não necessariamente) consagradas por seu estilo diferente do “romance”. No total são 13 autoras: Charlotte Ridell (A Porta Sinistra); Louisa Baldwin (O Mistério do Elevador); Edith Nesbit (Mortos em Mármore); Violet Hunt (A Prece); Amelia B. Edwards (O Coche Fantasma); Charlotte Brontë (Napoleão e o Espectro); Elizabeth Gaskell (O Conto da Velha Ama); Mary Elizabeth Braddon (A Sombra da Morte); Margaret Oliphant (A Janela da Biblioteca); Rhoda Broughton (A Verdade, Somente a Verdade, Nada Mais que a Verdade); Henrietta Everett (A Maldição da Morta); Vernon Lee (Amor Dure); May Sinclair (Onde o Fogo Não Se Apaga).

Na maioria dos contos remete ao sobrenatural por trás dos acontecimentos narrados; alguns chegam a deixar aquele suspense no ar, permitindo que o leitor tire suas próprias conclusões; enquanto outros, deixam claro que não se trata de nada sobrenatural, mas algo tão assustador quanto: a ganância humana.
Confesso que nem de todos os contos gostei. Tive raiva de alguns que dariam um livro próprio e esperei por um final melhor que, por ser um conto, ficou meio a desejar… Já outros, nem despertou em mim um mínimo de interesse a ponto de ficar “gravado” na minha memória após lê-lo.

O livro ainda trás, após os contos, um apêndice com uma série de fatos históricos, em tese, verídicos que ocorreram durante esse período histórico. O que nos faz, ou ao menos me fez, agradecer por nascer nesse século e não naquele. Além de posters de alguns filmes que também foram retratados na mesma época, sendo alguns dos próprios contos contidos nesta edição. Confesso que a maioria já assisti (mesmo os antigos) ou no mínimo, ouvi falar.

Se você gosta do macabro, esse livro é para você.
Se você for dos “gosto, mas me assusto”, bem, não acho que vá se assustar…
Se você for dos que só prefere romance, não custa tentar variar um pouco nos gêneros, né?! hahahah

Até a próxima!
bye bye ^^

Um comentário sobre “Vitorianas Macabras

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s