Percy Jackson: The Lightning Thief (2010)

Hellou 😁

Como bem sabem, semana passada – em meio as minhas provas e trabalhos da faculdade – decidi reler a série do Rick Riordan, Percy Jackson, já que nos últimos meses, minhas leituras estavam rastejando em baixo da terra. 😂
Se faz 10 anos do filme que dirá dos livros, né? Mas enfim, deu certo, o animo para ler melhorou e já que estamos na “vibe” do mundo de Percy Jackson ainda, decidi comentar também sobre o filme.
Antes de tudo, tenham em mente que:
aprendi a assistir filmes adaptados de livros sem fazer comparações entre os dois, já que sempre corria o risco de acabar odiando metade dos filmes existente por não fazerem jus as obras originais.
Partiu?!

Não vou me ater a sinopse, pois você já deve saber qual é, e se não sabe, dá uma olhada no meu post sobre o livro um.

No Filme é diferente

Ah, pequeno detalhe que vale a pena ser citado: não sou do tipo que implica com a diferença física entre os personagens da obra original com os do filme, ok? (tipo, cor de cabelo, raça, etc.) Muitos fãs dos livros reclamaram sobre isso na época..

filme fez igual/parecido ao livro;
o filme resolveu ser diferente;
ñ é exatamente especificado no livro;

⁉ Os deuses sabem (logo de inicio) que Poseidon quebrou o pacto;
❌ O pacto acima não é citado;
✔ Zeus culpa o filho de Poseidon, Percy, por furtar seus raios e avisa que vai ter uma guerra em 14 dias, se eles não forem devolvidos;
✔ O filme começa com Percy não sabendo que é um meio-sangue;
❌ Percy já utiliza algumas habilidades com água, então, tanto Grover quanto o Sr. Brunner/Quíron já tem quase certeza quem é o pai dele;
✔ A relação entre Percy e seu padrasto é péssima, e o cara é um lixo humano;
❌ Poseidon avisa ao filho o que está por vir, ou tenta, além de “aparecer” para ele;
✔ A escola de Percy vai ao museu nacional e ele é atacado pela profª de álgebra, vulgo Fúria;
❌ Tanto Grover quanto Mr. Brunner não tentam encobrir o que aconteceu (o ataque da Fúria);
❌ Mr. Brunner dá logo de cara a caneta/espada de Percy;
❌ Grover vai até o apartamento de Percy, avisa a mãe dele e derruba seu padrasto;
✔ Grover, a mãe de Percy e Percy dirigem até o Acampamento, mas são atacados pelo Minotauro, a mãe de Percy “morre”;
❌ Grover é quem conta tudo para Percy;
❌ Percy já vai de cara para o Chalé de Poseidon;
❌ Annabeth tem sua personalidade misturada com Clarisse (já que esta última não existe no filme);
❌ A amizade entre Percy e Luke não é bem desenvolvida;
❌ A luta no “pega bandeira” é entre Percy e Annabeth;
✔ Percy descobre que pode se curar com a água;
✔ Annabeth diz que – tecnicamente – eles não devem se dar bem já que seus pais se odeiam;
✔ Algo do “Mundo Inferior” invade o Acampamento;
❌ Hades invade o Acampamento, oferece uma troca entre os raios e a mãe de Percy;
❌ O Oráculo não existe, a profecia não é citada, logo, a missão não existe oficialmente;
✔ Percy, Grover e Annabeth vão atrás do verdadeiro ladrão, salvar a mãe de Percy e impedir a guerra;
❌ Luke ajuda eles a fugirem com o plano;
❌ Os perigos da jornada são ignorados, incluindo o surgimento de Ares e o fato que Percy está sendo procurado pela policia mortal;
❌ Metade do filme eles tem que encontrar as pérolas que irão ajuda-los a sair do “Mundo Inferior”;
✔ O trio x Medusa = Percy mata o monstro;
✔ Annabeth e Percy começam a desenvolver sua amizade;
✔ O trio fica preso em um cassino em Las Vegas e perde bastante tempo até o prazo final;
✔ O trio consegue a chegar no “Mundo Inferior”;
✔ Eles descobrem que foram enganados, e os raios aparecem com Percy;
❌ A culpa é de Luke;
❌ Hades não perdeu nada e quer uma guerra entre seus irmão;
✔ 3 perolas, alguém tem que ficar no mundo inferior;
❌ Grover é deixado para trás aos “cuidados” de Perséfone;
✔ Minutos para o prazo acabar e a guerra começar;
❌ Luke ataca Percy, confirma que é o ladrão e que quer a destruição dos deuses;
✔ Percy vai ao Monte Olimpo devolver o raio;
❌ Annabeth vai junto;
Faramir, ops, Zeus continua sendo um idiota 😂;
❌ Percy pede para Zeus “devolver” Grover, já que ele devolveu os raios que não furtou;
✔ Grover é promovido;
✔ O trio volta para o Acampamento, Percy é o herói que evitou a guerra, a mãe dele se separa do lixo…

Ignore que o livro existe…

Em um momento “paralelo a realidade”, você finge que esse filme não é baseado em um livro e o assisti, ok?

Então, o filme é bom?
É. No gênero da fantasia, aventura e filme para a família, ele faz jus. Tem uma história relativamente boa; vinculo familiar e de amizade; uma jornada a ser percorrida; perigos a serem enfrentados; crescimento de personagens a medida que vencem obstáculos; tem alguma “moral da história”, se você procurar uma; e um elenco bom.

Como eu disse lá cima, aprendi a não fazer comparações entre uma coisa e outra, justamente para evitar me decepcionar. Na época em que o filme saiu, eu era muito fã dos livros… Então, sim… se for pra só comparar um com o outro, o filme é uma bosta! Mas se você o ver como algo a parte, ele é divertido para passar o tempo.

Fazendo um resumo entre os dois e uma comparação bem a nível dos meus dramas: esse filme basicamente é um “remake tailandês”. Como assim? Bem, eles pegaram os “pontos chaves” da história original, e modificaram todo o resto, incluindo a personalidade dos personagens.

No basicão da coisa, os pontos chaves são:
▪ Percy é filho de Poseidon;
▪ Alguém roubou os raios de Zeus;
▪ Zeus culpou o “sobrinho”;
▪ Grover é o amigo e guardião de Percy;
▪ O Acampamento e Annabeth;
▪ O trio vai atrás dos raios;
▪ Alguma jornada ao longo da história: o filme resolver incluir uma busca pelas perolas (que no livro são um presente do pai de Percy, logo, isso não existe);
▪ A Medusa;
▪ Las Vegas;
▪ Mundo Inferior;
▪ Descobrir que foi enganado;
▪ Desfecho da história: devolução dos raios.

Se for parar para analisar direito, a essência está no filme, MUITO modificada? Sim, mas está lá. A questão é que os fãs tendem a querer mais fidelidade. Se você passa alguns anos lembro sobre aquele mundo, imaginando e debatendo como seria, e descobre que ele se tornará algo “real” no cinema, espera ao menos uns 85% de semelhança, e bem, isso o filme realmente não teve.

Na briga: Livro x Filme, prefiro o livro!
Gosto mais da jornada original, dos personagens que foram ignorados, de como Percy luta para se encaixar naquele mundo (o filme fez parecer uma aceitação fácil… tipo, ele passou uns 10 anos achando que era humano.. ai descobre que existem deuses seu pai é Poseidon e ele é um meio-sangue e age com um “ok, beleza.”).

Mas ignorando, o livro… o filme, como já disse, é um bom passatempo. 😊

Bye bye!
Até a próxima!






Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s