Dramas de Jan/2020 P2

Helloouu!!
Continuando os comentários sobre os meus dramas vistos no mês de Janeiro… Trago os kdramas e jdrama.

“Chocolate (2019)”

Quem me conhece sabe que eu piro nessa mulher… Ha Ji Won. Sou fã de carteirinha dela, há mil anos acompanho os dramas, e é só eu ver o nome dela no cast e já quero ver antes mesmo de saber sobre o que é a coisa. Então, claro que tive que conferir esse drama, né?

A história de um homem que se tornou um neurocirurgião apesar de ter sonhado em ser um chefe, e uma mulher que se torna uma chefe por causa dele.

Quando Moon Cha Young (Ha Ji Won) criança conheceu Lee Kang (Yoon Kye Sang) em um pequeno restaurante em uma cidade à beira mar. Lá, o ainda garoto, cozinhou e deu uma refeição completa para a garota. Eles acabaram se desencontrando, mas ela se tornou uma grande chefe inspirada nele. Muitos anos depois, eles se encontram novamente em um hospital para pacientes terminais e juntos eles curam suas próprias emoções enquanto preparam refeições para os pacientes.

💬 Ponto 1: é melodrama que você gosta? Esse aqui é prato cheio.
💬 Ponto 2: ótimos atores e uma boa história = drama maravilhoso.
💬 Ponto 3: porque não basta a sofrencia entre os protagonistas, você tem que sofrer com os (e pelos) secundários também.
💬 Ponto 4: E essa OST?! 😍
💬 Ponto 5: Palminhas pelo rival do prota que não se apaixonou pela protagonistas… (apesar que achei que fosse rolar isso, nos últimos segundos do último tempo 😂)
Encontramos onde? netflix | fansub do kingdom (com as subs ENG)

“Love with Flaws (2019)”

Pense num drama que pensei mil vezes antes de começar..
Gostei mais dos casais secundários do que dos protagonistas…

Essa comédia romântica segue uma mulher que tem uma aversão a homens bonitos e um homem que tem uma obsessão com a aparência.

A líder feminina, Joo Seo Yeon (Oh Yeon Seo), é uma temperamental professora de educação física de escola, que sempre usa tênis, jeans e uniformes de treinos. A morte de seus pais ajudou a incutir um profundo senso de compaixão, um coração generoso e uma objeção franca para quem bebe e dirige.
Morando em uma casa com três irmãos irresistíveis e atraentes, ela detesta os homens bonitos. Desenvolvendo como seu tipo ideal “homens não bonitos”.

Em comparação, o protagonista, Lee Kang Woo (Ahn Jae Hyun), é um atraente herdeiro que foca primeiramente na aparência. Inicialmente, ele ansiava pela atenção, esbanjou arrogância e amava sua aparência – apesar da dieta rigorosa e do regime de exercícios necessários para mantê-la. Enquanto ele parece impecável, ele (como todos os outros) foi machucado enquanto crescia.

E essas falhas, juntamente com a de todos os outros, conduzem a história. Faíscas voam quando se encontram e lutam para superar seus preconceitos a favor e contra pessoas com falhas. Ao longo do drama eles aprendem a ver além das aparências para as trágicas histórias e cicatrizes que motivam a si mesmos e às pessoas ao seu redor.

💬 Ponto 1: apesar de ter pego certo ranço com o ator protagonista devido aos casos da vida real dele, acabei pegando o drama por “falta de subs” em outros dramas que estava vendo no momento.
💬 Ponto 2: Triangulo amoroso pra quê?! Nem me animei com o “núcleo” protagonistas.. Minha empolgação estava no Won Suk (o irmão da Seo Yeon) & Ho Dol (o tutor do irmão mais novo deles). 😍
💬 Ponto 3: o ator que fazia o Won Suk (Cha In Ha) faleceu enquanto os eps ainda estavam saindo, e acabei temendo o “corte” dele na história (porque não sabia se o drama já tinha sido gravado todo ou não). Entretanto, o personagem dele continuou até o final (para minha felicidade) e deu show no drama. (uma pena que esse ator morreu… muito talentoso!)
💬 Ponto 4: esse drama comprovou que não é necessário uma demonstração explicita de afeto para tornar o que já é uma relação em uma relação de fato. Toda a história do Won Suk & do Ho Dol, teve uma carga emocional que saltava entre o leve e o pesado.. tratando de assuntos importantes, mas que ao mesmo tempo levou tudo com uma certa leveza. De longe, meu casal favorito!
Encontramos onde? fansub kingdom (com subs em PT) | dramacool

“Psychopath Diary (2019)”

Yook Dong Sik (Yoon Shi Yoon) é um trabalhador de escritório de 34 anos que é fraco e tímido, sendo usado por todos ao seu redor. Após um incidente, ele se torna o “bode expiatório” de sua empresa, perde seu emprego e sua família fica contra ele, por isso decide cometer suicídio. Prestes a fazer isso, ele acaba testemunhando um assassinato, se envolve em um acidente enquanto foge do assassino e, acaba acordando sem memória no hospital em posse do diário do psicopata. Sem outras pistas de sua verdadeira natureza do que o diário, e sua memória fragmentada alinhando-se com a entrada do diário, ele começa a acreditar que ele é de fato um serial killer.

Policial do bairro de 30 anos, Shim Bo Kyung (Jung In Sun) está investigando um suposto homicídio em série. Após algumas esbarradas com Dong Sik, ela acredita que ele é um homem muito generoso. Entretanto, após inúmeras coincidências, ela começa a suspeitar que ele está mais envolvido no caso do que ela inicialmente pensou.

Seo In Woo (Park Sung Hoon) tem 36 anos, além de ser um frio e meticuloso psicopata. No dia do seu sétimo crime, as coisas tomaram rumos inesperados e ele perdeu seu diário, onde anotava toda sua rotina e seus crimes em detalhes.

💬 Ponto 1: drama trás aquele pensamento de que sem nossas memórias e vivencias não somos ninguém. Já que o protagonista muda completamente a personalidade quando tem como referência o diário do psicopata em suas mãos.
💬 Ponto 2: junta investigação com suspense e um pouco de comédia pra aliviar as tensões e encontramos um drama bem interessante.
💬 Ponto 3: show de atuação tanto do Yoon Shi Yoon (que praticamente interpreta duas pessoas diferentes) e do psico, Park Sung Hoon.
💬 Ponto 4: drama que vi sem muitas expectativas, mas que graças aos roteiristas, me surpreendeu no quanto gostei!
Encontramos onde? fansub kingdom (com subs PT) | dramacool

“Nee Sensei, Shiranai No (2019)”

Adaptado de um mangá homônimo.
Uma história de amor entre uma artista de mangá sem experiência em romance e um popular e carismático cabelereiro.

💬 Ponto 1: não cheguei a ler o mangá (ou talvez tenha lido, mas não lembro.. 😂)
💬 Ponto 2: por serem só 6 eps fiquei com a impressão que as coisas aconteciam rápido demais no drama.
💬 Ponto 3: o prota foi quem se interessou primeiro. Gostei da divisão do episódio que mudava a narrativa entre a perspectiva dela e dele.
💬 Ponto 4: tive um pouquinho de pena dele quando ela esqueci completamente da existência dele. 😂
💬 Ponto 5: é uma comédia romântica sem muito drama, sem muito problema, aquele típico drama se você quer algo suave pra passar o tempo.
Encontramos onde? dramacool (subs em ENG)

E foi isso, nos vemos no próximo post!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s